Enter your keyword

Cárie na gravidez prejudica o bebê? Mito ou Verdade?

Cárie na gravidez prejudica o bebê? Mito ou Verdade?

Na ausência de progesterona, as mulheres grávidas são mais propensas a desenvolver uma infecção dentária. Quando estamos esperando um bebê, devemos redobrar nossa atenção à saúde de nossos dentes. Mas sempre surge uma dúvida: cárie na gravidez prejudica o bebê?

Grávidas, gengivas e dentes mais frágeis

Devido à impregnação hormonal, a gengiva da gestante responde em excesso à presença de placa dentária. Às vezes, isso resulta em inflamação das gengivas e sangramento frequente. É a gengivite. Algumas mulheres às vezes desenvolvem um pequeno “épulis”, um tumor benigno dos tecidos das gengivas, que reabsorve após o parto.

Outros, se vomitarem com muita frequência no primeiro trimestre da gravidez, veem o esmalte dos dentes deteriorar-se devido à acidez da bile. Os dentes então se tornam hipersensíveis a frio e quente, e pode ser doloroso. A inflamação das gengivas é um caminho para os micróbios. Se os dentes não forem tratados, uma simples cárie pode degenerar em “dor de dente” e depois em abscesso (infecção aguda).

Tenha uma higiene bucal impecável

Sua higiene deve ser ainda mais rigorosa do que antes da gravidez:

  • Escove os dentes por pelo menos dois minutos, três vezes ao dia;
  • Escove os dentes após cada lanchinho que fizer;
  • A náusea, comum durante a gravidez, pode ser a fonte de vômitos frequentes, o que pode enfraquecer o esmalte do dente, não lave os dentes imediatamente após o vômito;
  • Lembre-se de usar fio dental diariamente para evitar que sujeiras entre os dentes criem placas e causem infecções;
  • Escolha o equipamento dentário adequado à sua condição;
  • Em casa, use uma escova de dentes macia (nem média nem dura) para evitar sangramentos;
  • Use um creme dental com flúor (1500 a 5000 ppm);
  • Se você não aguentar o cheiro de sua pasta de dentes normal, use um produto neutro;
  • Enxágue a boca com flúor e enxaguatório bucal não alcoólico.

Ter cárie na gravidez prejudica o bebê?

Uma infecção não tratada ou dor dentária crônica pode contribuir para aumentar o risco de parto prematuro. Ainda não existe uma posição científica sobre se a cárie na gravidez prejudica o bebê, mas, estudos que associam a doença periodontal (infecções nos dentes) da mãe mostrou que crianças com baixo peso pode está relacionado a saúde bucal na gestação.

É possível atendimento odontológico durante a gravidez?

Para evitar essas doenças, consulte seu dentista. De preferência, vá antes da barriga crescer. O dentista aproveitará esse teste para verificar se você não tem cáries e descalcificar os dentes (sem problemas durante a gravidez).

Cárie na gravidez prejudica o bebê - Mito ou VerdadeSe você já está grávida, agende uma visita ao dentista durante o segundo trimestre. Como princípio de precaução em relação ao feto, o atendimento odontológico é bastante recomendado durante esse período.

O último trimestre, com o dor nas costas e barriga volumosa, não é o momento perfeito para cuidar da saúde bucal, mesmo após o parto! Felizmente, porém, todos os cuidados usuais são possíveis durante a gravidez: cuidados com cárie, colocação de amálgama (em chumbo ou resina composta), rádio dental, entre outros …

Conclusão

Você entendeu, mesmo que não haja grandes riscos comprovados de que a cárie durante a gravidez prejudique o bebê, seus dentes ficam enfraquecidos durante esse período e, portanto, devem ser particularmente monitorados e protegidos. Para a sua saúde, mas também a do seu futuro bebê, é importante ter uma boa saúde bucal na gestação, porque uma infecção não tratada pode ter sérias consequências no desenvolvimento do feto.

E tenha certeza: grávida, não há problema em tratar os dentes!

No Comments

Post a Comment

Your email address will not be published.